quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Vaticano: Papa elogia famílias numerosas

Papa Bento XVI em imagem de arquivo

Bento XVI saudou hoje no Vaticano as associações de famílias numerosas, afirmando que estas são, no atual contexto social, um “testemunho de fé, coragem e otimismo”. “Sem filhos não há futuro”, afirmou o Papa, na intervenção final da audiência pública desta semana, que decorreu na sala Paulo VI, perante cerca de seis mil pessoas.

Neste contexto, Bento XVI deixou votos de que sejam “promovidas intervenções sociais e legislativas adequadas” para tutelar e apoiar “as famílias mais numerosas, que são uma riqueza e uma esperança”. A saudação foi antecedida de uma nova catequese sobre a oração de Jesus, durante a qual o Papa referiu que Deus não abandona o ser humano “por mais duras que sejam as provas, difíceis os problemas e pesados os sofrimentos”.

A reflexão partiu de uma passagem do Evangelho segundo São Lucas em que são referidas as frases que Jesus terá dito ao ser crucificado. “A primeira é um pedido de perdão para os seus algozes: ‘Pai, perdoa-lhes! Eles não sabem o que fazem’. Deste modo, Jesus cumpre aquilo que ensinara no Sermão da Montanha – ‘Amai os vossos inimigos, fazei o bem aos que vos odeiam’”, disse o Papa, em português.

Os católicos, observou, são chamados a imitar este “difícil gesto” de rezar por aqueles que lhes fazem mal, “sabendo perdoar sempre”.

A segunda intervenção, prosseguiu, é a resposta ao pedido do ‘bom ladrão’, um dos outros dois homens que também estavam crucificados: “Ainda hoje estarás comigo no Paraíso”. “Jesus está ciente de entrar diretamente na comunhão com o Pai e de abrir de novo ao homem a estrada para o Paraíso de Deus”, declarou Bento XVI.

Sobre a outra frase, ‘Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito’, o Papa considera que se trata de um “um grito de derradeira entrega a Deus”: “Ao colocar-se inteiramente nas mãos do Pai, Jesus comunica-nos a certeza de que, por mais duras que sejam as provas, jamais nos encontraremos fora das mãos de Deus, as mesmas que nos criaram, sustentaram e acompanham no caminho da vida, com um amor infinito e fiel”.

Bento XVI deixou, depois, uma saudação aos peregrinos de língua portuguesa, exortando a “aprender do exemplo da oração de Jesus, uma oração cheia de serena confiança e firme esperança no Pai do Céu”. (OC)


Red Bull satiriza milagre de Jesus em comercial

Comercial do energético Red Bull tem Jesus como personagem

Mais um comercial divulgado na TV e também na internet incomodou cristãos do Brasil. Dessa vez é a propaganda do energético Red Bull que mostra Jesus andando sobre as águas e ensinando aos seus discípulos que na verdade está pisando sobre pedras.

Com o nome de “Nazaré” a peça publicitária de pouco mais de 30 segundos mostra Jesus em um barco com dois discípulos, se mostrando cansado ele se levanta e começa a andar sobre as águas. Pedro questiona como ele consegue andar e o segundo discípulo explica que o Mestre tinha tomado Red Bull, mas Jesus diz que não foi aquilo e que ele estava pisando em pedras.

Os evangélicos se revoltaram e estão fazendo campanhas para que a marca retire o comercial do ar. O pastor Rogério Silva, na Assembleia de Deus Ministério New Life, em Campinas, comentou o caso: “Negar os milagres de Jesus ridicularizando-o é uma afronta a comunidade cristã e um desafio ao próprio Deus”, disse ele para o blog Sandoval O Protestante.

No bog Assem-Bereia de Deus o autor comenta o comercial e diz que o vídeo ridiculariza a imagem de Cristo, mas os evangélicos não vão aos tribunais protestar contra isso, como fazem os militantes gays quando se sentem ofendidos com os dizeres da Palavra de Deus.

“Jesus não deixará de ser Jesus por causa de um fracassado espiritual que burlou esse infeliz comercial. Os crentes não deixarão de pregar Cristo como Senhor e Salvador por causa da existência de pessoas inimigas do Evangelho”, escreve.

Mas mesmo sem protestar na justiça o autor do A-BD pede respeito e que os autores do vídeo revejam suas atitudes. “Além de cristãos, somos cidadãos e exigimos respeito, assim como eles também querem. Nossa fé não é abalada por causa de comerciais inúteis como este, e nossa fé é intocável”.


“Deus seja Louvado” das cédulas de Real tem pedido para ser retirado por procurador

Frase "Deus Seja Louvado" pode sair das notas do Real

Em nota publicada na Coluna Radar Online do colunista Lauro Jardim da Revista Veja, traz um assunto que veio a tona em Dezembro/11, onde um procurdor do Ministério Publico Federal notificou o Banco Central por manter a frase:”Deus seja Louvado” nas cédulas de Real.Clique, leia e Comente…

Em dezembro do ano passado, o procurador substituto do MPF em São Paulo Pedro Antonio de Oliveira notificou o Banco Central a apresentar defesa em representação por suposta “ofensa à laicidade da República Federativa do Brasil”. Em português claro, o procurador acionou o BC por manter o termo “Deus seja louvado” nas cédulas de Real. Aos olhos do procurador, tal registro na moeda nacional desrespeita o Estado laico e deve, portanto, ser banido das cédulas.

Diante da ação, o BC instaurou procedimento interno para tratar do caso e só na semana passada respondeu ao procurador. Em breves linhas, o banco lembra que, a exemplo da moeda, até a Constituição foi promulgada “sob a proteção de Deus”, e argumenta:

– A República Federativa do Brasil não é anti-religiosa ou anti-clerical, sendo-lhe vedada apenas a associação a uma específica doutrina religiosa ou a um certo e determinado credo.

O BC também alega que a representação do procurador padece de vício de origem, pois é atribuição do Conselho Monetário Nacional determinar as características gerais das cédulas e das moedas. O MPF analisa o que fazer.


O novo fetiche

Ciência e tecnologia: não é tudo

A modernidade, período que se estendeu pelos últimos cinco séculos, está em crise. Vivemos, hoje, não uma época de mudanças, mas uma mudança de época. No milênio que começa emerge algo imprecisamente chamado de pós-modernidade, que se insinua bem diferente de tudo o que nos antecedeu, imprimindo novo paradigma.

Na Idade Média, a cultura girava em torno da figura divina, na ideia de Deus. Na modernidade, centra-se no ser humano, na razão e em suas duas filhas diletas: a ciência e a tecnologia.

Um dos símbolos que melhor expressa esta passagem é a pintura de Michelangelo –A criação de Adão- no teto da Capela Sistina: Deus Pai, de barba longa, todo encoberto de mantos, representa o teocentrismo da época perante o homem desnudo, fortemente atraído para a Terra. O homem estende o dedo para não perder o contato com o transcendente, com o divino. A desnudez de Adão traduz o advento do antropocentrismo e a revolução que a modernidade representou em nossa cultura.

Episódio característico da modernidade ocorreu em 1682, quando mister Halley, baseado exclusivamente em cálculos matemáticos – pois não dispunha de instrumentos óticos -, previu que um cometa voltaria a aparecer nos céus de Londres dentro de 76 anos. Na ocasião, muitos o consideraram louco. Como, fechado em seu escritório, baseado em cálculos feitos no papel, poderia prever o movimento dos astros no céu? Quem, senão Deus, domina a abóbada celestial?”.

Mister Halley morreu em 1742, antes de se completarem os 76 anos previstos. Em 1758, o cometa, que hoje leva o seu nome, voltou a iluminar os céus de Londres. Era a glória da razão!

“Se é assim,” disseram, “se a razão é capaz de prever os movimentos dos astros como demonstraram Copérnico e Galileu -e depois Newton, um dos pilares da nossa cultura-, então ela haverá de resolver todos os dramas humanos! Porá fim ao sofrimento, à dor, à fome, à peste. Criará um mundo de luzes, progresso e felicidade!”.

Cinco séculos depois, o saldo não é dos mais positivos. Muito pelo contrário. Os dados são da FAO: somos 7 bilhões de pessoas no planeta, das quais metade vive abaixo da faixa da pobreza, e 852 milhões sobrevivem com fome crônica.

Há quem afirme que o problema da fome é causado pelo excesso de bocas. Em função disso, propõe o controle da natalidade. Oponho-me ao controle, e sou favorável ao planejamento familiar. O primeiro é compulsório, o segundo respeita a liberdade do casal. E não aceito o argumento de que há bocas em demasia. Nem falta de alimentos. Segundo a FAO, o mundo produz o suficiente para alimentar 11 bilhões de bocas. O que há é falta de justiça, de partilha, e excessiva concentração da riqueza.

Por atravessarmos um período de muita insegurança, as pessoas buscam respostas fora do razoável. Observe-se, por exemplo, o fenômeno do esoterismo: nunca Deus esteve tão em voga como agora. Suscita paixões e fundamentalismos, a favor ou contra.

A crise da modernidade culmina no momento em que o sistema capitalista alcança a sua suprema hegemonia com o fim do socialismo, e adquire um novo caráter, chamado de neoliberal.

Quais as chaves de leitura dessa mudança do liberalis­mo para o neoliberalismo? Sob o liberalismo, falava-se muito em desenvolvimento. Na década de 1960, surgiu a teoria do desenvolvimento, que incluía também a noção de subdesenvolvimento; criou-se a Aliança para o Progresso, destinada a “desenvolver” a América Latina.

A palavra ‘desenvolvimento’ tem certo componente ético, porque ao menos se imagina que todos devem ser beneficiados. Hoje, o termo é ‘modernização’, que não tem conteúdo humano, mas sim forte conotação tecnológica. Modernizar é equipar-se tecnologicamente, competir, lograr que a minha empresa, a minha cidade, o meu país, aproximem-se do paradigma primeiro-mundista, ainda que isso signifique sacrifício para milhões de pessoas.

O Mercado é o novo fetiche religioso da sociedade em que vivemos. Outrora, pela manhã nossos avós consultavam a Bíblia. Nossos pais, o serviço de meteorologia. Hoje, consultam-se os índices do Mercado…

Diante de uma catástrofe, de um acontecimento inesperado, dizem os comentaristas econômicos: “Vamos ver como o Mercado reage”. Fico imaginando um senhor, Mr. Mercado, trancado em seu castelo e gritando pelo celular: “Não gostei da fala do ministro, estou irado”. E na mesma hora os telejornais destacam: “O Mercado não reagiu bem frente ao discurso ministerial”.

O mercado é, agora, internacional, globalizado, move-se segundo suas próprias regras, e não de acordo com as necessidades humanas. De fato, predomina a globocolonização, a imposição ao planeta do modelo anglo-saxônico de sociedade. Centrado no consumismo, na especulação, na transformação do mundo em cassino global.

Diante da crise financeira que afeta o capitalismo e, em especial, direitos sociais conquistados nos últimos dois séculos, é hora de se perguntar: qual será o paradigma da pós-modernidade? Mercado ou a “globalização da solidariedade”, na expressão do papa João Paulo II? (Frei Betto)

Frei Betto é escritor, autor de “Calendário do Poder” (Rocco), entre outros livros.

Bispo católico denuncia situação social "trágica" na Grécia e pede ajuda a Bento XVI

Bispo da Grécia pede ajuda ao Papa

O presidente dos bispos católicos gregos pediu ao papa Bento XVI para intervir a favor do povo da Grécia que se encontra "numa situação social trágica", segundo uma entrevista hoje publicada num jornal italiano.

"Espero que o meu apelo chegue ao papa. Precisamos de ajuda para prestar assistência ao povo grego. A situação social é trágica", afirmou, em declarações ao jornal "Il Messaggero", Francesco Papamanolis, ao comentar os efeitos das medidas de austeridade impostas pela União Europeia (UE) e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) ao Governo de Atenas.

O prelado, que vive na ilha grega de Syros, descreveu que o hospital local está sem aquecimento, numa altura em que a Grécia também sente os efeitos das baixas temperaturas, bem como alertou que os cofres dos bispos estão quase vazios, que estão a ser obrigados a vender bens imobiliários para fazer face aos novos impostos.


Frei católico apela cidadãos a fazerem teste de HIV/Aids

HIV/Aids: Frei diz que é também necessário "seguir o caminho de Deus"

O frei Mário Rui disse neste domingo, em Luanda, que as pessoas devem encarar a vida com maior responsabilidade no que diz respeito ao HIV/Aids, procurando sempre conhecer o seu estado serológico e adotarem medidas de prevenção.

“As pessoas devem fazer o teste de  HIV/Aids. Quanto mais cedo souberem do seu estado melhor para o tratamento”, disse, acrescentando que desta forma se estaria a evitar também a contaminação de outros indivíduos.

O prelado, que ministrou a homilia no Seminário Maior de Luanda, sublinhou que é fundamental a mudança de atitude ante aos males que afectam a humanidade. “É necessário que as pessoas conheçam e sigam o caminho de Deus, evitando andar em pecado”, sustentou.

Durante a sua homilia, com base na história bíblica do “leproso” curado por Jesus, o prelado católico fez lembrar o perigo da doença no passado e estabeleceu um paralelismo com as enfermidades nos dias de hoje.

Mais adiante, Frei Rui apelou as pessoas a abrirem mais os corações e trabalharem para a construção de uma sociedade sã.

Por outro lado, o prelado aconselha os cidadãos a apoiarem a campanha da ONU/Aids Zero até 2015, que visa evitar que hajam novas contaminações no mundo através da promoção de comportamentos e atitudes responsáveis.


Ateus fazem encontro nacional

Atues também sofrem com preconceito

Mesmo sem ser uma questão assim tão nova, o debate sobre a inexistência de Deus reaparece hoje em 22 Estados do País, provocando a costumeira polêmica. Com debates, palestras, bate-papos e até shows de humor, o 1.º Encontro Nacional de Ateus acontece após ter levantado na internet uma oposição até improvável: a crítica mais ferrenha e numerosa veio de ateus descontentes com a ideia de que um encontro se confunde com a criação de uma religião... de ateus.

As primeiras ideias desses encontros, "para conhecer pessoas que pensam igual", foram da estudante gaúcha Stíphanie da Silva, de 22 anos, aluna do primeiro ano de Física na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Stíphanie faz parte da Sociedade Racionalista, organização que se compromete a defender ceticismo, laicismo, ciência e ateísmo.

"Queremos o fim do preconceito contra nós, que não acreditamos em religiões, e fazer com que os ateus percebam que não estão sozinhos", diz. Stíphanie afirma que o preconceito existe e é forte. "Quando estava na 8.ª série, estudava em uma escola católica e questionaram o que Deus significa para nós. Respondi que era desnecessário e acharam um absurdo, fui mandada para a psicóloga e tudo mais."

Na internet, a estudante participa de um debate acalorado sobre a existência do Todo Poderoso, a importância das religiões e outros temas com gente do País todo. A argumentação evoluiu até o ponto em que ela e outros racionalistas quiseram levar para a vida real toda a troca de ideias que ferviam nas redes sociais. "Nas conversas nas comunidades do Facebook, sempre insistimos para nos conhecermos. E o sucesso desse encontro está no fato de ser simultâneo, não é isolado em uma cidade."

Pelo Facebook, convocou no mês passado colaboradores pelo Brasil. Os representantes nos Estados trataram de arrumar um espaço para o evento e cuidar da agenda do dia - que é livre, pode ou não ser definida previamente e não tem horários fixos para começar e terminar. A única regra é que seja aberto a todos.

Usando a internet como aliada, promoveram um "tuitaço" no fim de semana passado que colocou o Encontro Nacional dos Ateus entre os três assuntos mais comentados no Twitter. Na esteira da divulgação, apareceram as críticas no microblog. "Olha uma nova religião aí, gente", postou @brunoibaldo. "O problema dos ateus é que parecem que vivem em função disso. Hello, vcs estão fazendo a mesma coisa que os religiosos...", escreveu @oimilla.

Segundo Stíphanie, os encontros têm a ver com liberdade e respeito a ideias que vão da legalização do aborto à defesa de um Estado laico de fato, além do preconceito que sofrem outras religiões, como a umbanda, e grupos, como homossexuais.

Crer ou não crer: veja a relação de astros da música com a religião

A fé e os artistas mais populares de diversos estilos 

Em que, afinal, acreditam os músicos? Assim como as pessoas comuns, nas mais diversas crenças. Recentemente, por exemplo, o astro teen Justin Bieber afirmou em entrevista rezar diariamente a Deus, apesar de não ter o costume de ir à igreja.

O caso não é incomum. O líder da banda de thrash metal Slayer, Tom Araya, acostumada a abordar temas violentos e até satanistas em suas letras, curiosamente é um fervoroso católico, a despeito de ele, também, evitar visitar um templo para a prática de sua fé.

Pensando no tema, o Terra preparou um especial abordando a espiritualidade e relação com a religião de 21 nomes da música, indo de astros pop, como Madonna e Freddie Mercury, até os padres brasileiros que espalham a "palavra de Deus" em palcos do País, casos de Marcelo Rossi e Fábio de Melo.


quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Dia dos Namorados encontra espaço em meio ao radicalismo no Irã

Dia dos Namorados chega ao Irã

O Irã até pode rejeitar as influências ocidentais, mas o Dia dos Namorados tem se tornado um fenômeno crescente graças ao espírito romântico que domina a juventude das classes abastadas da república islâmica. Ainda que a religião dominante e os políticos linha-dura tenham começado uma campanha contra o que chamam de importações culturais "decadentes", o dia cristão dedicado aos namorados consegue sobreviver às críticas.

Parte do motivo pode ser o grande número de jovens no país: 60% da população de 75 milhões de pessoas têm menos de 30 anos, e um em cada três iranianos tem entre 15 e 30 anos. Com grande parte desses jovens ainda solteiros, e com bares, boates e festas mistas banidas do país por leis rígidas, o Dia dos Namorados acaba sendo uma comemoração amorosa tolerada - uma vez que o lado comercial é bastante apreciado pelos comerciantes iranianos.

Muitos comerciantes em Teerã disseram que a demanda por buquês de rosas, cartões amorosos com a palavra em inglês "love", chocolate, perfume e até bichinhos de pelúcia foi grande este ano, impulsionada por uma tendência crescente dos últimos anos. O dono de um restaurante italiano, que pediu para não ser identificado, afirmou que este dia o estabelecimento foi reservado em sua maioria por casais.

Elmira, uma arquiteta de 24 anos que se recusou a dar o sobrenome, disse que a maioria dos casais que participa do ritual romântico é jovem e de classe média e alta. "O comum todo ano é que haja uma troca de presentes e depois saímos para jantar", contou. "O Dia dos Namorados costumava ser legal para mim, mas agora procuro por algo mais profundo. Tradições bobas não importam se não há sentimentos envolvidos".

Pressão das autoridadesHá indícios, entretanto, de que a paciência das autoridades para com a celebração esteja diminuindo. No ano passado, oficiais proibiram a produção e venda de itens do Dia dos Namorados. Conservadores insistem que não há espaço para tais declarações pouco modestas na devota cultura islâmica. Eles ficam alarmados com o rápido declínio no número de casamentos nos últimos anos, culpando a superficial tendência ocidental.

Iranianos ufanistas preferem comemorar seu amor no Mehregan, uma festa pré-islâmica e pouco conhecida, realizada em outubro e que homenageia Mitra, a deusa persa do amor. Pelo menos por enquanto, jovens casais iranianos ainda podem comemorar do Dia dos Namorados bem ocidental. Saba, uma estudante de artes gráficas de 18 anos da cidade de Mashhad, disse que, para ela, esse dia não é uma questão de adotar o calendário cristão, e sim porque "adora receber presentes e chocolate".

Ela, porém, acrescentou que acha mais seguro ir a uma festa particular a ir a um restaurante ou outro lugar público que possa atrair atenções indesejadas da moralista polícia iraniana, que força a adoção de códigos comportamentais e de vestuário baseados no islamismo. "Ainda que não estejamos fazendo nada não-islâmico nos restaurantes ou cafés, não há muitos lugares seguros para sair no Dia dos Namorados".

Mesmo a opção de ficar em casa não é muito segura. Festas são regularmente invadidas pela polícia e jovens iranianos dançando ou consumindo álcool são presos. Meysam, um dono de loja de artigos domésticos, explica que planejava sair com sua namorada, mas por razões que não têm relação com o Dia dos Namorados. "Eu adoro me divertir, mas também preciso fazer isso para desviar minha mente do fato de que os negócios estão terríveis hoje em dia", comentou.

Ele disse que não saber o que futuro guardava para seu pequeno negócio devido à crescente desvalorização da moeda iraniana, o rial, e às restrições à importação de bens dos Emirados Árabes e da China. Recentes sanções econômicas adotadas pelos Estados Unidos contra o sistema financeiro do Irã levantaram grandes obstáculos para o modo como empresas iranianas conduziam seus negócios, e geraram grande impacto na importação de bens para o país.


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Evangélicos e católicos em aliança para eleições em São Paulo

Chalita é o possível candidato do PMDB

O Partido Social Cristão (PSC) firmou aliança com o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) para a candidatura do deputado Gabriel Chalita à Prefeitura da Cidade de São Paulo.

Estiveram presentes no encontro o pastor e deputado Marco Feliciano, atualmente o político de maior expressão dentro do PSC e o vice-presidente da República, Michel Temer, que é do PMDB, além de outras lideranças partidárias.

O pastor Marco Feliciano afirmou estar feliz com a aliança entre seu partido e o candidato do PMDB, o católico Gabriel Chalita. A ligação de Chalita com o catolicismo é tão forte que durante a crise da campanha presidencial, quando Dilma foi acusada de ser anti-religiosa e pró-aborto, Chalita foi o escalado para dialogar com os líderes católicos, a fim de acalmá-los.

Marco Feliciano reforçou ser importante ter um candidato com princípios cristãos na disputa pela prefeitura da cidade mais importante economicamente do país: “Para mim esta aliança é única forma de blindar a igreja dos pensamentos perniciosos do PT com seu Fernando Haddad (pré candidato a prefeitura de São Paulo pelo PT), o pai do kit gay. São Paulo precisa de uma liderança de fato que enxergue o mundo com os olhos dos pequenos. Quando cheguei a Câmara dos Deputados a primeira pessoa que conheci foi Gabriel Chalita,e enxergo nele alguém que de fato sonha com um futuro melhor. O Chalita é um amigo pessoal e particular, uma pessoa de princípios e estou feliz em ver o PSC apoiando o candidato”, afirmou em entrevista ao Guia-me.

Gilberto Nascimento, político evangélico conhecido na cidade e presidente estadual do PSC afirmou que a aliança pela candidatura de Chalita era a melhor decisão e que a cidade era um presente para Deus: “Vamos ter um prefeito que cuidará dos cidadãos invisíveis de São Paulo. Portanto eu parabenizo Chalita. Quero dizer que esta foi uma decisão muito conversada no partido, mas eu tenho certeza de que estamos no melhor caminho. São Paulo é um presente dos homens para os olhos de Deus”.

O vice-presidente da República, Michel Temer, se mostrou satisfeito com a aliança e confiante pela vitória nas próximas eleições: “O PMDB se une ao PSC para fazer uma multiplicação de votos tamanha à presença do partido cristão nessa aliança. Nós confiamos em Gabriel Chalita, candidato que tem a capacidade extraordinária de transmitir clareza e a franqueza que a cidade de São Paulo precisa. Estamos renascendo para crescer e expresso hoje minha satisfação por essa aliança”.

Para o pastor Everaldo Dias, vice-presidente nacional do PSC, confia que Deus ajudará a aliança feita: “O PSC escolheu Gabriel Chalita como candidato ao prefeito de São Paulo. Agradecemos a Deus pela vida deste deputado brilhante e com a ajuda de Deus vamos ganhar essa eleição”, afirmou.


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Pesquisa aponta ligeira vantagem de Romney entre católicos

Mitt Romney, pré-candidato de oposição nos EUA

Apesar da recente polêmica sobre a oferta gratuita de métodos anticoncepcionais que contrapôs a Casa Branca a líderes da Igreja Católica, os norte-americanos que seguem essa religião têm praticamente as mesmas opiniões políticas que o restante da população, segundo uma pesquisaReuters/Ipsos divulgada na segunda-feira. Entre os católicos, 37% aprovam o desempenho do presidente Barack Obama, e 48% reprovam. A mesma pesquisa - feita pela internet junto a eleitores registrados, entre os dias 6 e 13 de fevereiro - mostrou que, entre os não-católicos, Obama tem 37% de aprovação e 50% de reprovação.

Outra coincidência: 25% dos católicos acham que os EUA estão na direção correta, e 61% acham que não. Entre os não-católicos, 24% veem os EUA na direção certa, e 63% dizem que o país vai na direção errada. Tanto entre católicos quanto entre os não-católicos, há uma situação de empate técnico se o indicado do Partido Republicano para enfrentar Obama for Mitt Romney; entre os católicos, no entanto, Romney tem uma ligeira vantagem numérica em relação a Obama.

Entre os não-católicos, Obama lidera com 42% das intenções de voto, contra 39% de Romney. Entre os católicos, Romney sobe a 44%, e Obama mantém os mesmos 42%. Na sexta-feira, num recuo em relação a uma decisão anterior, Obama determinou que os planos de saúde ofereçam gratuitamente métodos anticoncepcionais para funcionárias de empresas com afiliação religiosa - como hospitais e universidades católicas.

Pela regra anterior, as próprias empresas deveriam oferecer esse recurso, que viola a doutrina católica. Muitos líderes religiosos demonstraram insatisfação com a decisão inicial, que ameaçava indispor Obama junto ao importante eleitorado católico. Romney e outros pré-candidatos republicanos usaram a polêmica para argumentar que a Casa Branca está em guerra contra as religiões.

A pesquisa Reuters/Ipsos mostrou que 42% dos católicos discordam da ideia de que universidades e hospitais ligados à Igreja deveriam oferecer métodos contraceptivos às funcionárias. Entre os não-católicos, só 33% discordaram. Para Chris Jackson, diretor de pesquisas da Ipsos Public Affairs, esses números mostram que Obama agiu de forma sensata ao revogar a medida. "Sair com uma vitória agora, ou pelo menos com um empate, é uma boa estratégia antes que isso se torne uma questão maior. As melhores chances dele para a reeleição sempre foram a economia e focar em melhoras na economia."

A margem de erro para a pesquisa é de 2,6 pontos percentuais entre os não-católicos, e de 5,2 pontos entre a amostra de eleitores católicos. Para as questões específicas sobre a política de controle da natalidade, a margem de erro era de 3,4 e 6,7 pontos percentuais respectivamente. A pesquisa ouviu 1.899 não-católicos e 484 católicos, mas as perguntas sobre contracepção foram dirigidas apenas a 1.136 não-católicos e a 287 católicos.


domingo, 19 de fevereiro de 2012

Liga Católica critica performance de Nicki Minaj no Grammy

Nicki Minaj com seu figurino polêmico

A apresentação da rapper Nicki Minaj recebeu críticas da Liga Católica norte-americana, segundo o jornal LA Times. A organização se incomodou com o uso dos elementos católicos na performance da estrela no Grammy, no último domingo (12), e disse que a cantora foi “vulgar e desrespeitosa”.

“Talvez a parte mais vulgar tenha sido a insinuação sexual no momento em que uma dançarina seminua se levantava e abaixava em um altar, enquanto um coroinha ajoelhava entre suas pernas e rezava”, disse Bill Donohue, presidente da Liga Católica.

“Nada disso foi acidental e foi tudo previamente aprovado pela Academia Fonográfica, que organiza o Grammy. Se Minaj estava mesmo possuída, é realmente uma questão em aberto, mas não há dúvidas da irresponsabilidade da Academia Fonográfica. Eles nunca insultariam o judaísmo ou o islamismo”, disse Donuhue na página oficial da organização.

Durante a apresentação, Nicki Minaj simula um exorcismo e utiliza vários elementos da Igreja Católica, como o cenário de uma igreja e alguns personagens, como um padre e coroinhas. A rapper chegou ao evento usando uma roupa vermelha de freira e acompanhada de um homem, vestido como o Papa.

Minaj não é a primeira artista criticada pela Liga Católica. A organização condena frequentemente artistas mesclam conteúdo católico e sexual em seus trabalhos. No ano passado, o alvo das críticas foi o clipe da música “Judas“, da cantora Lady Gaga. (Laiza Kertscher)


sábado, 18 de fevereiro de 2012

Vaticano: Bento XVI quer Igreja atenta para encontrar novos padres e religiosos

Papa Bento XVI: a busca por novas vocações

Bento XVI pediu hoje aos vários responsáveis da Igreja Católica que promovam um discernimento “vigilante” das novas vocações para o sacerdócio e a vida consagrada, oferecendo aos jovens um “acompanhamento espiritual sábio e vigoroso”.

“É importante que se criem, na Igreja, as condições favoráveis para poderem desabrochar muitos ‘sins’, respostas generosas ao amoroso chamamento de Deus”, escreve o Papa, na mensagem para o 49.º Dia Mundial de Oração pelas Vocações, que se vai celebrar a 29 de abril.

O documento, divulgado pela Santa Sé em sete línguas, incluindo o português, tem como tema ‘As vocações, dom do amor de Deus’.

Segundo Bento XVI, é tarefa da pastoral vocacional “oferecer os pontos de orientação para um percurso frutuoso” de cada crente, ajudando a redescobrir “a beleza e a importância do sacerdócio e da vida consagrada”.

“Por isso é preciso anunciar de novo, especialmente às novas gerações, a beleza persuasiva deste amor divino, que precede e acompanha: este amor é a mola secreta, a causa que não falha, mesmo nas circunstâncias mais difíceis”, assinala.

A mensagem papal destaca também a importância do “amor ao próximo, sobretudo às pessoas mais necessitadas e atribuladas” como “o impulso decisivo que faz do sacerdote e da pessoa consagrada um gerador de comunhão entre as pessoas e um semeador de esperança”.

“A relação dos consagrados, especialmente do sacerdote, com a comunidade cristã é vital e torna-se parte fundamental também do seu horizonte afetivo”, prossegue.

O Papa fala numa “verdade profunda” da existência humana, sublinhando que todas as pessoas são “fruto de um pensamento e de um ato de amor de Deus, amor imenso, fiel e eterno”.

“O amor a Deus, do qual os presbíteros e os religiosos se tornam imagens visíveis – embora sempre imperfeitas –, é a causa da resposta à vocação de especial consagração ao Senhor através da ordenação presbiteral ou da profissão dos conselhos evangélicos [castidade, pobreza e obediência]”, refere ainda.

Na parte final da mensagem, Bento XVI pede aos bispos, padres, diáconos, consagrados e consagradas, catequistas, agentes pastorais e todos os que estão “empenhados no campo da educação das novas gerações” que promovam “uma escuta atenta de quantos, no âmbito das comunidades paroquiais, associações e movimentos, sentem manifestar-se os sinais duma vocação para o sacerdócio ou para uma especial consagração”. (OC)


sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Funeral de Whitney Houston será na igreja onde ela iniciou carreira

Carro no funeral de Whitney Houston

O funeral de Whitney Houston, que acontece no próximo sábado (18) em sua cidade natal, Newark (Nova Jersey), será realizado na igreja em que a cantora frequentava na infância. As informações são do TMZ.

A cerimônia terá lugar na New Hope Baptist Church, onde Whitney começou a cantar ao lado de sua mãe e tia, as cantoras Cissy Houston e Dionne Warwick. Segundo o site, o evento será reservado apenas para os familiares da diva pop, já que o lugar tem cerca de 300 lugares.

Entenda o caso
No sábado (11), Whitney Houstoun foi encontrada inconsciente na banheira de sua suíte no Beverly Hilton Hotel antes das 21h30 (15h30 em Los Angeles), momento no qual os serviços de emergência foram alertados. Apesar da rápida resposta dos paramédicos, que tentaram reanimá-la durante cerca de 20 minutos, Whitney foi oficialmente declarada morta às 15h55.

O corpo de Whitney foi identificado por seus familiares por volta da meia-noite. Nenhuma droga ilegal foi encontrada no quarto. Porém, policiais acharam frascos de medicamentos controlados.

A última aparição pública da diva pop foi na quinta-feira (9), em uma festa do Grammy em Hollywood. Whitney aparentava estar alcoolizada quando deixou o local com ajuda de uma pessoa.

A estrela pop começou a cantar em um coral gospel júnior aos 11 anos de idade. Filha da cantora Cissy Houston e afilhada de Aretha Franklin, ela foi descoberta em uma casa noturna por Clive Davis. Seu álbum de estreia, intitulado Whitney Houston, foi lançado em 1985 e se tornou o álbum de estreia mais vendido por uma artista feminina.

Depois disso, sua carreira foi marcarda por prêmios e recordes. Vendeu mais de 200 milhões de discos, ganhou seis Grammys, dois Emmy Awards, 22 American Music Awards e 30 Billboard Music Awards. Até 2010, já somava 415 prêmios conquistados.


Preseverar é preciso

Monsenhor Jonas Abib, fundador da comunidade Canção Nova

Quando o assunto é perseverança, lembro-me de algumas lições que aprendi quando ainda era criança. Como morava em sítio distante da cidade, costumava caminhar muito e era normal fazer até viagens mais longas a pé. Por isso, era preciso sair de casa bem cedo para evitar o sol forte durante a caminhada. Recordo-me, por exemplo, de quando íamos em família visitar minha avó.

Tudo era festa, eu e minhas irmãs, também crianças, vivíamos com expectativa a preparação para essa viagem que tinha sempre data marcada com antecedência. Junto com a nossa mãe, pensávamos em tudo, inclusive nas coisas gostosas que iríamos comer, nos primos que nos esperavam para brincarmos juntos, etc.

Ainda sinto o cheiro do orvalho daquelas manhãs de verão, os primeiros raios do sol nos enchiam de força e alegria para começar a viagem. Mas o interessante é que a empolgação, que trazíamos no início do trajeto, aos poucos ia se desvanecendo e logo começavam a aparecer os primeiros sinais de desânimo. Lembro-me de que nos segurávamos ao máximo para não começar a reclamar do cansaço, mas, quando uma falava, as outras seguiam suas queixas que, em geral, eram relacionadas à distância, à demora e a tantas outras justificativas que apresentávamos como razão para desistirmos da viagem. Nessas horas minha mãe, com sua simplicidade e pedagogia própria da maternidade, nos dava lições de perseverança.

Geralmente nos sugeria uma pausa na qual nos alimentava, nos dava água e nos motivava, fazendo-nos lembrar que nossa avó já estava diante da porta da casa à nossa espera, que ela tinha feito várias coisas para nós. Dessa forma, ela nos ajudava a perceber que, afinal, já não estávamos assim tão distantes, pois já havíamos caminhado até ali. Regressar seria também cansativo e não nos traria felicidade. As palavras dela eram como injeção de ânimo para nós. Recomeçávamos a viagem animadas e, quase sem perceber, íamos nos apoiando na esperança que acabara de ser semeada em nossos corações.

Nestes dias, em meio às lutas próprias da missão, tenho pedido a Deus a graça da perseverança e Ele me fez lembrar das lições de minha mãe, além de acrescentar algumas outras… Perseverar é preciso, principalmente na vida cristã!

Já é de nosso conhecimento que o fracasso na vida de muitas pessoas deve-se ao fato de começarem seus projetos e não os terminarem, ou seja: falta de perseverança. Os homens que fizeram história e realizaram sonhos são os que não se renderam ao desânimo no meio do caminho, mas seguiram até o fim, mesmo cansados. Podemos recorrer, por exemplo, Thomas Edson, que, segundo a história, tornou-se, depois de inúmeras tentativas fracassadas, o criador da lâmpada elétrica para o bem da humanidade. Outro exemplo bem próximo de nós é o do monsenhor Jonas Abib, quantas vezes ele sofreu o peso da responsabilidade e até mesmo foi aconselhado a parar com relação à fundação da Canção Nova. Já pensou se ele não tivesse perseverado? E não faltam exemplos de perseverantes vencedores; que diga o testemunho dos santos.

É certo que nossa vida é uma viagem passageira por este mundo e o destino é a Casa, não da avó, mas do Pai Eterno, que desde sempre nos ama e está à nossa espera. Por isso é preciso nos conservar firmes e constantes nos propósitos que nos conduzem aos ideais; e no caso da vida cristã: que nos conduzem à vontade de Deus.
O cansaço, às vezes, nos assola, o “sol forte” dos acontecimentos pode nos tirar as forças. Muitas vezes, precisamos até parar um pouco para nos recompor e reencontrar as inspirações iniciais para que possamos seguir em frente, mas sem voltar atrás. Como explicava minha mãe: desistir também tem seu preço e não nos traz felicidade.
Que hoje seja um dia de retomada em nossa caminhada em todos os aspectos de nossa vida! A Palavra do Senhor, que partilho com você neste sentido, é um conselho do apóstolo Paulo para a comunidade de Coríntios: “Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão” (I Cor 15, 58). Estou unida e rezo por você! (Dijanira Silva)

MPF/RO ressalta trabalho de padre Juquinha

Coordenador da Comissão de Justiça e Paz de RO recebe homenagem do MPF

Na manhã de segunda-feira, 13 de fevereiro, o procurador da República Ercias Rodrigues visitou o padre José Geraldo da Silva, conhecido como padre Juquinha, que trabalhou como coordenador da Comissão Justiça e Paz da arquidiocese de Porto Velho e foi pároco em Candeias do Jamari. Padre Juquinha que há muitos anos trabalhava na pastoral da arquidiocese de Porto Velho vai voltar a exercer suas atividades na Diocese de Mariana, em Minas Gerais.

Durante a visita o procurador enalteceu os trabalhos do padre Juquinha em favor dos mais necessitados e agradeceu sua boa vontade em contribuir com os trabalhos da Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC). Conhecido por sua sólida atuação na Comissão Paz e Justiça, o padre teve papel fundamental na busca de direitos fundamentais aos mais pobres de Rondônia.

Para o procurador, o padre merece todo o seu reconhecimento por atuar de forma ímpar na busca por justiça social e defesa de direitos aos menos favorecidos. “Um ser humano com uma capacidade fora do comum de pensar no próximo, que busca em todos os instantes uma sociedade melhor para todos”, disse.

Em agosto do ano passado chegou ao conhecimento do MPF/RO que o padre Juquinha estaria sofrendo ameaças de morte em decorrência de sua atuação em movimentos sociais e na Comissão Justiça e Paz. O padre confirmou as ameaças e, assim, o inquérito civil público foi instaurado. Informações sobre o caso foram enviadas à Secretaria Especial de Direitos Humanos da Presidência da República, ao governador de Rondônia, às Polícias Federal e Militar solicitando providências de salvaguarda da vida do padre Juquinha.


Padre Lombardi esclarece rumores e critica 'vazamento' de documentos

Padre Lombardi fala sobre rumores no Vaticano

O Diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Padre Federico Lombardi, denunciou terça-feira a existência de uma espécie de ‘Wikileaks’ na Igreja.

A declaração de Pe. Lombardi se refere ao vazamento de documentos do Vaticano que, segundo afirma, tentam desacreditar a Igreja: “Hoje temos de ter coragem, porque ninguém pode se surpreender com nada. O vazamento de documentos tende a criar confusão e desconcerto e oferecer uma má imagem do Vaticano e do governo da Igreja” – afirmou em nota divulgada pela Rádio Vaticano.

Em causa, entre outros, estão acusações de corrupção contra o Governatorato do Estado da Cidade do Vaticano e o Instituto para as Obras Religiosas:

"Se trata de documentos de natureza e peso diversos, nascidos em tempos e situações diversas: uns são as discussões sobre a melhor gestão econômica de uma instituição com muitas atividades como o Governo; outros são colocações sobre questões jurídicas e normativas em curso de discussão e sobre as quais é normal que existam opiniões diversas” – diz a nota.

A imprensa italiana falou ainda de um alegado complô destinado a assassinar Bento XVI, assunto que o porta-voz do Vaticano qualificou como “delírio”. (CM)


Viagens de João Paulo II serão debatidas em evento

João Paulo II tem suas viagens debatidas

O quinto e penúltimo encontro do ciclo de encontros "Quartas-feiras de Turismo", em Milão, na Itália, dedicado a descobrir os maiores viajantes da atualidade, tratará nesta tarde sobre o papa beato João Paulo II. 

O Pontífice ficou conhecido como o "viajante peregrino" ao realizar 104 viagens, percorrendo países por três anos durante seu Pontificado.

O evento é organizado pelo Clube Italiano de Turismo em colaboração com a companhia de atores do Teatro Giorgio Strehler e o encontro hoje começa às 16h30 locais (13h30 no horário de Brasília).

As historias mais relevantes serão apresentadas pelo vaticanista dom Filippo Di Giacomo. Também falará sobre as viagens papais de Karol Wojtyla o presidente do Clube Italiano de Turismo, Franco Iseppi.

O debate será mediado pelo jornalista Paolo Pardini. Durante o evento será mostrado um vídeo que retrata os meios de comunicação utilizados pelo papa em suas viagens. (ANSA)


Papa faz duas nomeações para o Brasil

Papa Bento XVI em nomeação no Vaticano

Nesta quarta-feira, o Santo Padre fez duas nomeações para o Brasil. Nomeou Arcebispo Metropolitano de Campinas (SP) Dom Airton José dos Santos, transferindo-o da sede de Mogi das Cruzes. O outro nome é Dom José Luiz Ferreira Salles, até então Bispo Titular de Tipasa di Numídia e Auxiliar de Fortaleza (CE), que agora passa a ser Bispo da diocese de Pesqueira (PE). 

Dom Airton nasceu em 25 de junho de 1956 em Bom Repouso, Minas Gerais, na arquidiocese de Pouso Alegre. Em universidades brasileiras estudou filosofia e teologia, formando-se em Direito Canônico na Pontifícia Universidade Gregoriana, em Roma.

Foi ordenado sacerdote em 1985. De 1986 a 1997 foi Vigário paroquial na “Imaculada Conceição” em Diadema e Reitor do Seminário Filosófico; Vigário Regional (1987 a 1990); Membro do Conselho Presbiteral e do Conselho dos Consultores (1987 a 1998); Coordenador diocesano da Pastoral Vocacional e da Pastoral Familiar (1992 a 1997); e Pároco da Catedral de Santo André, Chanceler e Ecônomo diocesano de 1997 a 2001.

Em 19 de novembro de 2001 foi nomeado Bispo titular de Felbes e Auxiliar de Santo André, recebendo a ordenação episcopal em 02 de março de 2002. De fevereiro a novembro de 2003 desenvolveu o cargo de Administrador dessa diocese e em 04 de agosto de 2004 foi nomeado Bispo de Mogi das Cruzes.

No âmbito regional é Secretário da Conferência Episcopal do Estado de São Paulo e Presidente da Comissão para a Liturgia; no âmbito nacional é Presidente da Comissão Episcopal para os Tribunais Eclesiásticos de segunda instância e membro da Comissão Episcopal para a Implementação do Acordo Brasil – Santa Sé.

Quanto a Dom José Luiz Ferreira Salles, também é paulista, nascido na diocese de São Carlos em 23 de janeiro de 1957. Após os estudos elementares nos Seminários dos Pais Redentoristas, estudou filosofia na Pontifícia Universidade Católica de Campinas e teologia no Instituto Teológico São Paulo. Foi ordenado sacerdote em 14 de dezembro de 1985 e emitiu a profissão religiosa perpétua no mesmo ano.

No curso do ministério sacerdotal, foi Predicador de Missões Populares nas dioceses do Estado de São Paulo, residindo em São João da Boa Vista (1986 a 1990); Coordenador das Missões Populares no Estado de Pernambuco, residindo em Garanhuns (1990 a 1995); Conselheiro na Vice Província dos Pais Redentoristas do Recife (1996 a 2002) e depois Vice-Provincial (2002 a 2004); Administrador Paroquial na Paróquia São Pedro, em Caraíbas, diocese de Campina Grande; Reitor do Seminário Teológico dos missionários redentoristas em Fortaleza (2005 a 2006).

Em primeiro de fevereiro de 2006 foi nomeado Bispo titular de Tipas adi Numídia e Auxiliar da Arquidiocese de Fortaleza, recebeu a ordenação episcopal em 17 de março do mesmo ano. (ED)


Bíblia: Desobedecer a Deus foi a primeira crise da humanidade, diz bispo auxiliar do Porto

Adão e Eva enganados pela serpente

A desobediência à vontade de Deus relatada na narrativa bíblica da criação do ser humano constituiu a primeira crise da humanidade, disse D. António Taipa, um dos bispos auxiliares do Porto.

O denominado pecado original descrito no Génesis, primeiro livro da Bíblia, foi causado pelo facto de o “homem querer ser Deus ou igual a Deus”, afirmou o responsável na Semana de Formação Bíblica realizada entre terça e sexta-feira no Arciprestado de Vila Nova de Famalicão, Arquidiocese de Braga.

Após ter refletido sobre a forma como a crise foi apresentada em alguns episódios bíblicos, D. António Taipa falou no último encontro sobre a “grande tragédia da morte de Jesus Cristo”, indica uma nota do Departamento de Comunicação do arciprestado famalicense enviada à Agência ECCLESIA.

“A morte tornou-se em Jesus Cristo na grande arte de viver, na medida em que todos os dias somos chamados a morrer para que o outro viva”, declarou o prelado, salientando que “a grande esperança da ressurreição” constitui “o garante da felicidade” que “nada nem ninguém” pode tirar ao ser humano.

A semana bíblica em Famalicão, 350 km a norte de Lisboa, foi dedicada ao tema “As Crises e as Esperanças”, tendo sido integralmente orientada por D. António Taipa. (RJM)


O pop do Senhor

Kelly Patrícia, uma das atrações do Bote Fé Natal

A música religiosa é o novo pop - pelo menos no Brasil. As canções que louvam a religião cristã saíram dos templos e aos poucos foram ganhando as rádios, paradas de sucesso, programas de televisão, e as listas de discos mais vendidos do País - com direito a inclusão da Lei de Incentivo à Cultura Rouanet. Um verdadeiro fenômeno que atrai multidões. A mesma multidão que está sendo esperada para o "Bote Fé", um evento católico preparatório para a visita do Papa Bento XVI (em julho de 2013 no Rio de Janeiro) e que corre o Brasil em uma espécie de peregrinação, parte da Jornada Mundial da Juventude (JMJ). A organização espera um público estimado em 30 mil pessoas, vindas de 11 estados do País.

Foram três dias de programação no Rio Grande do Norte, cujo dia mais aguardado foi sexta-feira, a partir das 17h, onde foi gravado um DVD com cenas do mega-show apresentado na chamada 'Arena Bote Fé', especialmente montada na Praia do Forte, ao lado da Ponte Newton Navarro, no terreno do antigo Círculo Militar (Clube do Exército).

Passaram pelo palco 31 atrações, entre padres e bandas que professam a fé católica através da música. Alguns são verdadeiras estrelas do gênero, como os padres Marcelo Rossi, Fábio de Melo, Antônio Maria e Reginaldo Manzotti, o pioneiro Padre Zezinho, e a Irmã Kelly Patrícia.

As bandas e cantores que fazem rock e pop com mensagens cristãs também estiveram presentes, como Rosa de Saron, Dominus, Cantores de Deus, Jake (que fez sucesso com o axé "Pó parar com Pó"), entre outros. Um verdadeiro "all stars" da música gospel cristã nacional.

Para congregar essa maratona de música e mensagem, foi convocado Guto Graça Mello, um dos mais experientes produtores musicais do Brasil. O currículo do homem fala por si: ele compõe para para cinema e televisão desde os anos 70. A abertura do "Fantástico" de 1973 é dele. Para a televisão já compôs as trilhas de "Pecado capital", "Pai herói", "Pirlimpimpim", "Coração alado", entre outros. Para o cinema, assinou "Beijo no asfalto", "Menino do Rio", "Cazuza", "Se eu fosse você", "Irma Vap", "Caixa Dois", etc.

Graça Mello já produziu mais de 350 discos ao longo de sua carreira, tendo trabalhado com artistas como Roberto Carlos, Maria Bethania, Milton Nascimento, Rita Lee, Elis Regina, João Gilberto, Gil, Gal, Caetano Veloso, entre outros. Durante 17 anos ele foi diretor musical da Rede Globo e da gravadora Som Livre. O produtor musical esteve em Natal desde o começo da semana passada até nesta quinta-feira à tarde onde participou do ensaio.

O "Bote Fé" tem apoio da gravadora Sony Music, em parceria com a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), e a Arquidiocese de Natal.

Nos palcos da fé
Vários nomes do Arena Bote Fé têm fama nacional, apreciados por gente de religiões diversas. Padre Marcelo Rossi foi o primeiro 'popstar' da nova leva cristã, emplacando músicas como "Noites traiçoeiras", "Eu navegarei", "Cura-me", entre outros. Tem programa de rádio, promove missas para milhares de pessoas, e é sucesso literário com o livro "Agape". Em seu rastro surgiu Padre Fábio de Melo, sem batina e destacando a figura de cantor. Seus hits são "Tudo posso", "Viver pra mim é Cristo" e "Não desista do amor". O mais novo da leva, padre Reginaldo Manzotti, segue o mesmo caminho, já emplacado músicas como "A tempestade vai passar" e "Deus está aqui neste momento".

Do Metal ao Soul
Outras linguagens musicais cabem na nova música cristã. Caso do Rosa de Saron, que faz sucesso com seu "white metal" católico. O grupo lança discos desde 1994, e conta com hits como "Sem você", "Menos de um segundo", "Lembranças", e "Apenas uma canção de amor". Grupos como Dominus e Anjos de Resgate já foram classificados como o "Jota Quest da música católica". A Dominus, por exemplo, toca de rock a forró, e incorpora dançarinos ao show. Já os Anjos fazem pop/rock com uma pegada country. Mas a "palavra" está sempre lá, em primeiro plano.

Artistas do Grammy
Provando que o "paraíso" sonoro é aberto a todos, as mulheres também marcaram presença no louvor do palco. A Irmã Kelly Patrícia, de Fortaleza, foi um dos nomes de destaque. Ela já tem 11 CDs lançados, e tocou na Arena a música "Tentação", de seu último CD, "Busca de Deus". O disco tem forte influência de rock, com guitarras e batidas fortes.

Em outro segmento totalmente diferente, a cantora Jake aposta na festiva axé músic para passar sua mensagem. A moça fez grande sucesso na internet, há três anos, com a música "Pó pará com o pó". Chegou a cantar com Ivete Sangalo no Carnatal. Todos louvam e dançam.

Outro detalhe: três das atrações do Bote Fé Natal já concorreram ao Grammy. Rosa de Saron, Ministério Adoração e Vida, e o pioneiro Padre Zezinho. Os três concorreram, ano passado, ao principal prêmio da música internacional na categoria "Melhor Álbum de Música Cristã". (Tádzio França - repórter)

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Bento XVI no Angelus: Deixemo-nos tocar e purificar por Cristo

Bento XVI comenta o Evangelho deste domingo

O resquício da neve pelas ruas da cidade de Roma não impediu que inúmeros fiéis e peregrinos viessem à Praça S. Pedro para ver e ouvir o Papa rezar o Angelus dominical.

Na alocução que precedeu a oração mariana, Bento XVI comentou o Evangelho deste domingo, que mostra Jesus em contato com a forma de doença considerada, naquele tempo, a mais grave, a ponto de tornar a pessoa "impura" e de exclui-la das relações sociais: a lepra.

Enquanto Jesus pregava pelos vilarejos da Galileia, um leproso veio ao seu encontro e disse: "Se queres, tens o poder de purificar-me!". Jesus não fugiu ao contato com aquele homem, pelo contrário, movido de compaixão, estendeu a mão e o tocou – superando a proibição – e lhe disse: "Eu quero, sê purificado!".

"Neste gesto e nas palavras de Cristo há toda a história da salvação, está encarnada a vontade de Deus de nos curar, de nos purificar do mal que nos desfigura e que prejudica as nossas relações."

Neste contato entre a mão de Jesus e o leproso, toda barreira entre Deus e a impuridade humana é abatida, não certamente para negar o mal, mas para demonstrar que o amor de Deus é mais forte do que todo mal. "Jesus se fez 'leproso' para que nós fôssemos purificados" – explicou o Pontífice.

E citou a experiência de S. Francisco, que só se sentiu purificado quando venceu seu temor e abraçou um leproso. Naquele momento, disse o Papa, Jesus curou Francisco da lepra, ou seja, do seu orgulho, e o converteu ao amor de Deus. "Eis a Vitória de Cristo, que é a nossa cura profunda e a nossa ressurreição e vida nova!"

Por fim, Bento XVI recordou que no sábado (11 de fevereiro) a Igreja celebrou Nossa Senhora de Lourdes:

"A Santa Bernardette, Nossa Senhora entregou uma mensagem sempre atual: o convite à oração e à penitência. Por meio de sua mãe, é sempre Jesus que nos vem ao encontro, para nos libertar de toda doença do corpo e da alma. Deixemo-nos tocar e purificar por Ele, e usemos misericórdia com os nossos irmãos!"

O Papa se despediu dos fiéis na Praça S. Pedro, fazendo votos a todos de um bom dia e de uma boa semana e falou: "Sem neve no próximo domingo!" (BF)

Fonte: http://www.oecumene.radiovaticana.org/bra/articolo.asp?c=562547

Carnaval terá programação religiosa em Tatuí, SP

Logo do evento nacional em todas as dioceses do país

Em Tatuí, a Renovação Católica Carismática (RCC) programou eventos religiosos para quem quiser fugir da folia durante o Carnaval. Os eventos começam no sábado (18) e seguem até a terça-feira (21).

Na Paróquia São Lazaro será realizado o retiro 'Festa do Fogo’, com as irmãs Carmelitas Mensageiras do Espírito Santo. Estão programados momentos de pregação, missa, adoração, louvor, oração e shows musicais. No sábado será das 14h às 22h. Já no domingo (19), começa às 7h30 e segue até às 22h.

Os interessados devem preencher cadastro que estão disponíveis nos grupos de orações e nas secretarias das paróquias das igrejas da cidade. Informações pelos telefones (15) 3251-8055 ou (15) 9756-3337

Festa do Rei Jesus
A programação segue na segunda-feira (20) com noites de louvor, oração e pregação em paróquias e comunidades da cidade.


Vaticano desmente plano para matar o Papa e classifica denúncias como “malucas”

Vaticano desmente boato de conspiração contra o Papa Bento XVI

O Vaticano negou as informações de que existiria um plano para matar o Papa Bento XVI e classificou a notícia como “delirante”.

A informação de que existiria um documento nas mãos do Vaticano que denunciava um atentado contra a vida do Papa Bento XVI foi divulgada por um jornal italiano chamado “Il Fatto Quotidiano”, conhecido por suas reportagens investigativas.

A publicação da matéria está sendo considerada um jogo de disputa por influência dentro do Vaticano. A matéria intitulada “Vaticano, tramas e venenos. O papa morrerá dentro de 12 meses” se baseava num suposto documento escrito pelo cardeal colombiano Dario Castrillón Hoyos, que relatava uma conversa em que o arcebispo de Palermo, Paolo Romeo, mencionava o complô: “O cardeal Romeo se sentia seguro e não podia imaginar que estas conversas realizadas nas reuniões secretas fossem depois informadas por terceiras pessoas ao Vaticano”, teria escrito o cardeal Hoyos, segundo a matéria.

Porém, de acordo com informações do The Christian Post, o arcebispo Paolo Romeo negou a suposta conversa e classificou a história como absurda: “é tão fora da realidade que não deveria ser nem considerada”.

Aqui no Brasil, um site cristão de notícias chegou a divulgar a informação do suposto complô contra a vida do Papa como sendo verdadeira.

Em nota, o Vaticano se pronunciou desmentindo oficialmente as afirmações do documento e classificou de “malucas” as denúncias feitas: “Está claro que este documento contém considerações malucas que estão desprovidas de qualquer realidade”, afirmou o porta-voz da Igreja Católica.


Carnaval religioso em Taubaté espera 15 mil pessoas na Associação

Logo do evento nacional em todas as dioceses do país

A Comunidade Missão Sede Santos, da Diocese de Taubaté, vai realizar, de 17 a 21 de fevereiro de 2012, o 9º “Rebanhão de Carnaval – Perfeita Alegria”, com o tema: “O Senhor é o meu pastor, nada me falta”.
O tema foi sugerido pela coordenação da Renovação Carismática Católica (RCC) do Brasil e deve ser abordado nos encontros de carnaval da RCC de todo o país.

O “Rebanhão”, como são chamados esses encontros religiosos de carnaval, terá como atividades: muita música, show, louvor, Missa diária, adoração e bênção do Santíssimo Sacramento, pregações, orações de cura e libertação, confissões e atendimento individual de oração. As crianças terão atividades específicas.
Estará presente a banda Rosa de Saron, os cantores Dunga (Canção Nova), Pe. Antonio Maria, Pe. Joãozinho, scj (Diretor da Faculdade Dehoniana), e Laércio Oliveira. Também Kátia Roldi (membro do Conselho Nacional da Renovação Carismática Católica do Brasil, de Vitória/ES), Pe. Antonio dos Santos (de São Luís/MA), D. Carmo Carmo João Rhoden, scj (Bispo Diocesano de Taubaté), Pe. Márlon Múcio (Fundador da Comunidade Missão Sede Santos), Pe. Rodrigo Natal (Pároco da Paróquia São Sebastião), Pe. Afonso Lobato, o Diác. Gustavo Sampaio e o vocal Canthares (Isaac Praça, Vilma Alvarenga e Joe Alvarenga).
O encontro vai começar com a Missa celebrada pelo Pe. Márlon, às 20h, do dia 17, sexta-feira de Carnaval. De 18 a 21 de fevereiro, o encontro vai começar às 14h30 e, em todos os dias, a Missa será às 20h. No dia 19, domingo, a banda Rosa de Saron faz um show às 15h.
O 9º “Rebanhão de Carnaval – Perfeita Alegria” vai acontecer na Associação de Taubaté: Av. Juca Esteves, 100 – Centro – Taubaté/SP.
Mais de 300 voluntários já estão trabalhando para o bom êxito do evento. A expectativa é de que, pelo menos, 15.000 pessoas passem pelo evento, nos cinco dias. A entrada é franca para todas as atividades e haverá lanchonete e estacionamento no local.
Mais informações com o diácono Gustavo Sampaio - Fones: (12) 3624-6433 ou 8167-1212.


Nova coordenação diocesana assume a Renovação Carismática em Criciúma

Nova coordenação da RCC assume em Criciúma-SC

A nova coordenação diocesana da Renovação Carismática Católica (RCC) tomou posse na noite da última sexta-feira, na igreja matriz de Içara. O coordenador do movimento católico por dois anos será Ronaldo Alves Canto. O grupo assumiu a missão em uma celebração rezada pelo bispo Dom Jacinto Inácio Flach e pelo pároco da Paróquia São Donato de Içara e Coordenador Diocesano de pastoral,Antonio Mendes. O bispo ressaltou seu apoio a RCC e disse que tem a convicção de que este movimento fortalece a igreja Católica na diocese de Criciúma.

O novo coordenador frisou a importância deste movimento caminhar sempre junto com todo o clero e a igreja. Ronaldo Alves Canto é casado e pai de dois filhos. Participa da RCC há doze anos e já foi coordenador de grupo de oração, coordenador do ministério de comunicação do Estado, coordenador da comunicação em âmbito nacional e recentemente estava à frente do ministério de pregação da diocese.

A RCC de Criciúma possui cerca de 50 grupos de Oração e 30 grupos de Jovens. O tema de direcionamento da Renovação Carismática Católica no Brasil para 2012 é “Apascenta as minhas ovelhas", (Jo 21,15). Essa temática vai direcionar os trabalhos do Movimento em todas as instâncias. Mais informações sobre a Renovação Carismática Católica de Criciúma podem ser obtidas pelo site www.rcccriciuma.com ou pelo número (48) 3045.1472.


Com críticas à gestão Kassab, Chalita anuncia aliança com PSC

Gabriel Chalita (PMDB) se une ao PSC pela candidatura a prefeitura de São Paulo

O pré-candidato do PMDB à Prefeitura de São Paulo, deputado federal Gabriel Chalita, anunciou nesta sexta-feira acordo com o Partido Social Cristão (PSC), em uma sinalização ao PT de que não vai retirar a pré-candidatura. Ao lado do presidente nacional licenciado do PMDB e vice-presidente da República, Michel Temer, o pemedebista ensaiou críticas à gestão do prefeito da capital, Gilberto Kassab (PSD).

Ao aliar-se ao PSC, o PMDB ganhará mais 1minuto e 3 segundos de tempo de televisão, registrando mais de cinco minutos no horário eleitoral gratuito até agora. O PMDB tem sinalizado que a eleição em São Paulo é tão importante para o partido quanto a disputa nacional. Em discurso, Michel Temer reforçou a importância de "ocupar espaço de poder na capital de São Paulo".

O partido encolheu no Estado e na última eleição elegeu apenas um deputado federal por São Paulo, enquanto o PT elegeu 15 parlamentares e o PSDB, 13. Temer disse que não vai retirar a candidatura de Chalita para um acordo com o PT.

"Não podemos deixar alianças locais gerar algum trauma na aliança nacional", afirmou o vice-presidente. Pouco depois do anúncio, Chalita reforçou o discurso de oposição à gestão Kassab. "A cidade tem hoje uma administração discutível", comentou. "São Paulo padece de problemas sérios e tem muito dinheiro para (resolver) isso. Eu não vou fazer campanha destruindo a imagem de ninguém, mas eu não serei ingênuo. Vou mostrar os problemas que acredito que existem", afirmou.

O pré-candidato do PMDB e presidente municipal do partido reforçou que não fará acordos com Kassab. "Nós já deixamos claro o tom daquilo que vamos desenvolver na campanha, o trabalho que vamos fazer. A nossa grande aliança é com o povo e o povo não está aliado ao Kassab", afirmou nesta sexta-feira. "A (minha) percepção é que a população lamenta o abandono que a cidade está", disse.

Durante o evento em que o acordo com o PSC foi anunciado, na sede do diretório municipal do PMDB, em São Paulo, os "valores cristãos" ganharam destaque. O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) fez críticas ao aborto e disse ter sobrevivido a tentativas de aborto. Chalita, ligado à ala carismática da Igreja Católica, evitou polemizar a questão, que marcou o segundo turno da campanha presidencial de 2010, e disse que não fará uma campanha sectária.

"Não é uma campanha religiosa", disse. "Temos uma cidade abandonada, com três milhões de pessoas morando em favelas ou em áreas abandonadas. Acho que esses temas não são decisivos. Uma eleição municipal é menos ideológica e mais ligada à gestão", comentou o pemedebista.

Para Chalita, a eleição de 2010 foi equivocada ao tratar um tema religioso "de forma mentirosa". "A minha expectativa é que tenhamos uma eleição elegante, correta, com debate de projetos, ideias, que não seja uma eleição de baixo nível", comentou.


O apologeta Willian Graig lancará livro durante o 8º Congresso Brasileiro de Teologia

Willian Graig é um dos convidados para debater sobre teologia

Entre os dias 13 e 16 de março acontecerá no Brasil o 8º Congresso Brasileiro de Teologia, promovido pela Editora Vida Nova. Essa edição do Congresso traz o tema “Apologética contemporânea para um mundo de incertezas”.

O congresso acontecerá em Águas de Lindóia, São Paulo, onde, segundo a organização, “palestrantes considerarão e rebaterão as críticas e dúvidas que nossa cultura lança contra a fé cristã e mostrarão a razoabilidade e confiabilidade do cristianismo”.

Estão confirmadas para o evento presenças consagradas do meio cristão como Augustus Nicodemus Lopes, Carlos Osvaldo Pinto, Davi Charles, Jonas Madureira, Marcos Eberlin, Guilherme de Carvalho, o dr. Russell Shedd que fará as Devocionais, Stênio Marcius que será responsável pelo louvor e o apologeta William Lane Craig.

Craig é considerado um dos mais destacados apologetas da atualidade, e durante o congresso estará lançando a 2ª edição do seu livro “Apologética contemporânea: a veracidade da fé cristã”.

De acordo com a assessoria de imprensa, nessa edição da obra, Craig ampliou questões fundamentais sobre o cristianismo, esperando melhorar não só o conhecimento de acadêmicos e pastores como também o de pessoas leigas sobre o assunto.

O autor permanecerá no país por cerca de 10 dias e, além de lançar seu livro, será um dos principais preletores do congresso.


Encontro reunirá universitários cristãos de todo país

EBRUC 2012 está programado para outubro em Curitiba-PR

A cidade de Curitiba (PR) acolherá o próximo Encontro Brasileiro de Universitários Cristãos (EBRUC), em outubro deste ano. A 2ª edição do encontro acontecerá na capital paranaense nos dias 12, 13 e 14 de outubro.

Com objetivo de conectar as juventudes e expressões cristãs presentes no meio universitário para refletir sobre a missão evangelizadora nos espaços da educação e cultura, o 2º EBRUC estima reunir mais de 600 participantes, vindos de todas as regiões do país.

O encontro promete ser um espaço de expressão dos jovens com diálogos e oficinas temáticas. “Queremos estimular o protagonismo da juventude universitária e valorizar as diversas expressões de vivência cristã nas universidades públicas, privadas e confessionais”, destaca a assessora do Setor Universidades da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), irmã Maria Eugenia Lloris Aguado, que é uma das coordenadoras do EBRUC.

O evento, que também quer motivar a juventude cristã universitária brasileira para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) no Rio de Janeiro em 2013, e para o Congresso Mundial de Universidades em Belo Horizonte durante a Pré-Jornada, será promovido pela CNBB -Setor Universidades e Associação Nacional de Educação Católica do Brasil (ANEC), com o apoio do Grupo Marista, Pastoral da PUCPR, arquidiocese de Curitiba e Pastoral Juvenil Marista.

1º EBRUCO 1º Encontro Brasileiro de Universitários Cristãos (EBRUC) aconteceu no campus Betim, da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. O evento teve a acolhida de 200 participantes, se encerrou com uma celebração de envio, no auditório central do campus.

O Ebruc teve como objetivo “conectar” as várias expressões de seguimento cristão presentes no meio universitário, em um encontro que reuniu a juventude para refletir sobre a ação evangelizadora no meio acadêmico.

O evento foi promovido pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), organizado pelo Setor Universidades com parceria da PUC-MG. O tema do encontro foi “Presença e registros dos universitários: linguagens, caminhos, profissões e identidade” e o lema: “Conectando vida na tela do saber”.


quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Campanha da Fraternidade será lançada no dia 26 na Capital

Saúde é o tema da CF2012

A Igreja Católica discute este ano durante a Campanha da Fraternidade, o lema “Que a saúde se difunda sobre a Terra”. No período conhecido como Quaresma – 40 dias que antecedem a ressurreição de Jesus Cristo - o assunto será abordado e discutido em missas, encontros e orações. O arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas, fará o lançamento no dia 26 de fevereiro, um domingo, às 16h no Ginásio Poliesportivo Dom Bosco.

Na quarta-feira, 22, Dom Dimas receberá a imprensa para uma coletiva às 9h

O objetivo, de acordo com a Igreja, é sensibilizar a sociedade sobre a realidade das pessoas que não tem acesso à assistência de saúde pública condizentes com suas necessidades e dignidade.

O lema também faz parte das oito metas da Organização das Nações Unidas (ONU) divulgadas nos anos 90 e previstas até 2015, onde figuram a redução da mortalidade infantil, melhoria da saúde materna e combate a epidemias e doenças.

Campanha da FraternidadeA Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) promove a Campanha da Fraternidade desde o ano de 1964, como itinerário obrigatório para os cristão que vivem o tempo da quaresma.


Presidente do The Strongest diz que não teme Neymar: 'Só Deus'

Presidente do The Strongest só teme a Deus

A repercussão em torno da chegada de Neymar a Bolívia não comoveu o presidente do The Strongest, adversário do Santos nesta quarta-feira, na estreia na Copa Santander Libertadores. Em entrevista coletiva, o mandatário boliviano Kurt Reintsche cobrou atitude de seus jogadores e não deu bola para a Joia, exigindo a vitória de seus funcionários.

- Não tennho medo de Neymar. O único de quem tenho medo é Deus e ninguém mais. Neymar é um excelente jogador, mas nada na vida é impossível. Tem de se fazer todo esforço para ganhar a partida - afirmou Kurt.

Nos últimos dias, os dirigentes locais têm sofrido enorme pressão por parte da imprensa de La Paz, que cobra mais ganância dos clubes na Libertadores. Até por conta disso, o The Strongest resolveu adotar concentração total para a partida e, nesta terça-feira, fechará os portões do último treino antes da partida.

Na última segunda-feira, os jogadores treinaram na sede do clube, mesmo com a cidade sob forte chuva. Eles fizeram trabalhos na academia. Já nesta terça, estava previsto o treino para o estádio Hernando Siles, local da partida, mas o palco ainda passa por problemas técnicos. Dessa forma, a atividade foi transferida para o Complexo de Achumani, onde fica o CT do clube.

Entre os jogadores, a esperança não é tão grande quanto a do presidente, mas eles acreditam que a altitude pode ser um trunfo para superar Neymar, Ganso e Cia, atuais campeões da Libertadores.

- Para muitas das equipes que vem jogar aqui, a altura é bastante complicado, por isso temos de imprimir um grande ritmo de jogo para termos mais possibilidades de ganhar - declarou o volante paraguaio Ernesto Cristaldo, um dos destaques da equipe.

Santos e The Strongest se enfrentam nesta quarta-feira, às 17h45 do horário local, 19h45 do horário de Brasília. O Peixe chegará a La Paz só cerca de duas horas antes da partida para evitar os efeitos da altitude. A equipe está concentrada em Santa Cruz de La Sierra.


Obama anuncia acordo em plano de controle de natalidade

Obama muda discurso para não perder votos

O presidente dos EUA, Barack Obama, anunciou hoje um acordo para apaziguar os ânimos em meio ao debate sobre o acesso a medidas de controle de natalidade que indignou líderes católicos e gerou declarações dos Republicanos, em ano de eleição, de que estaria infringindo a liberdade religiosa.

Entretanto, ele encontrou um entrave: o princípio de que todas as mulheres devem ter acesso a esses serviços, deixando o ônus sobre as empresas de seguros.

Obama afirmou que as organizações religiosas não teriam mais que oferecer métodos contraceptivos gratuitamente nos planos de saúde de seus empregados e que seus adversários se aproveitaram da questão.

"Os empregadores não terão que pagar por ou oferecer serviços de controle de natalidade. Mas as mulheres que trabalham nessas instituições terão acesso a contraceptivos gratuitamente assim como outras mulheres," afirmou o presidente.

"A liberdade religiosa será mantida, e uma lei que exige cuidados preventivos gratuitos não irá discriminar as mulheres."

A discussão começou quando o governo Obama decidiu não isentar os empregadores religiosos de uma exigência na sua lei de reforma da saúde que dizia que os planos de saúde de trabalho deveriam cobrir serviços para a contracepção.

Oficiais argumentaram que as mulheres que trabalham como, por exemplo, enfermeiras em um hospital católico, não necessariamente compartilham da oposição de seus empregadores ao uso de anticoncepcionais e devem ter os mesmos direitos das que trabalham em outros locais.

Líderes católicos estavam indignados --embora as igrejas estejam isentas-- e os republicanos usaram a polêmica para levantar questões sociais, disparando sua base política conservadora em ano de eleição.

O representante do Partido Republicano, John Boehner, acusou Obama de montar um "visível ataque à liberdade religiosa" enquanto republicanos tentavam comprometer a imagem de Obama entre os eleitores católicos.

O candidato do Partido Republicano à Presidência Rick Santorum acusou Obama de coerção.

"Não é sobre controle de natalidade. É sobre liberdade econômica, é sobre liberdade de expressão, é sobre liberdade religiosa," declarou Santorum

"É sobre o governo controlar suas vidas e isso tem que acabar."

Porém Obama, em uma tentativa de dar fim à discussão que dominou Washington por uma semana e desviou os esforços da Casa Branca para mostrar o crescimento da economia, condenou aqueles que tinham procurado obter ganhos políticos do episódio.

"Eu entendo que alguns caras em Washington queiram tratar isso como mais uma questão de cunho político. Mas não deveria ser. Eu certamente nunca encarei dessa forma," comentou.

No entanto, buscando evitar rancores da importante parcela de mulheres eleitoras, o governo disse que Obama não tocou no ponto central da discussão --o controle de natalidade sem custo para todas as mulheres.

Funcionários disseram que a administração iria agora exigir que as companhias não incluíssem medidas contraceptivas em planos de saúde para organizações religiosas.

Mas as empresas teriam que entrar em contato direto com as mulheres para verificar se elas desejam receber serviços contraceptivos e não poderão cobrar nenhuma taxa extra por isso.

A Associação Católica de Saúde, que disse estar "muito satisfeita" com o acordo, que, segundo ela, protege a liberdade religiosa e os direitos das instituições católicas.

"O cenário desenvolvido respondeu às questões que achamos que precisavam de ajustes," afirmou a Irmã Carol Keehan.

A Federação de Planejamento Familiar, uma organização sem fins lucrativos que luta por direitos das mulheres, também apoiou a decisão.

"Frente a uma enganosa e ultrajante agressão contra a saúde feminina, a administração de Obama reafirmou seu compromisso de assegurar que as todas as mulheres tenham acesso a medidas de controle de natalidade," disse a presidente da Federação, Cecile Richards.

Não houve reação imediata das organizações católicas conservadoras.

Pesquisas mostram que a maioria dos católicos --e do público dos EUA em geral-- apoia a decisão do presidente, que recebeu críticas pesadas de alguns dos maiores grupos da igreja, já que contracepção vai de encontro aos seus ensinamentos.

Mas a polêmica preocupa a Casa Branca caso possa afetar a imagem de Obama com os eleitores operários brancos católicos que exercem um papel decisivo nas eleições presidenciais em estados importantes como Pensilvânia e Ohio.

Fonte: http://www.google.com/hostednews/afp/article/ALeqM5hSF_ow7_EIym7zaIfaMqiSE4faZw?docId=CNG.7448b36b6eb6a2baca36a58c02ae7076.1d1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...