sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Paróquia vai processar autor de foto de modelo seminu dentro de igreja

Exposição intitulada Anjos Caídos mostrava modelos "vestidos" de anjo.

A Igreja Católica vai anunciar nesta quinta-feira as medidas contra o fotografo Márcio Costa, autor de fotos postadas no Facebook mostrando um modelo seminu, com asas de anjo, dentro da Paróquia São Domingos, uma das principais da cidade de Catanduva, a 385 km da capital paulista. Costa fez as fotos sem autorização da igreja. O modelo aparece apenas de sunga branca, no corredor central, tendo as laterais e o altar como cenário para a foto. Além da paróquia, o fotógrafo usou o cemitério da cidade como cenário para fazer fotos do mesmo modelo. No cemitério, o rapaz está totalmente nu, com as asas, e flores tapando o sexo. Em entrevistas à imprensa, Costa tem dito que as fotos são artísticas, que não tinha intenção de ofender a igreja e que, se precisar, vai pedir desculpas.

A divulgação das fotos causou revolta em fieis católicos, que pedem punição para seu autor. O bispo dom Otacílio Luciano da Silva vai anunciar as medidas em coletiva na tarde desta quinta-feira, disse o advogado da Diocese de Catanduva, Flávio Thomé. Segundo ele, entre as medidas está o ajuizamento de ações civil e penal. "A primeira, para reparação de danos morais para impedir que outras pessoas façam a mesma coisa", disse. "A outra, penal, pensamos que as autoridades devem agir de ofício pelo ultraje público ao pudor por fotos que mostram o modelo em posições obscenas", completou Thomé.

"Essas fotos causaram um problema sério, nossos fieis ligaram, estão mesmo indignados com essas fotos e pedem que façamos algo para impedir isso. Até falamos em proibir a divulgação dessas fotos, mas depois vimos que essa decisão era muito radical", afirmou Thomé. Segundo ele, apesar de ser aberta ao público, a paróquia pertence à Igreja Católica e por isso o fotógrafo precisava de uma autorização para fazer as fotos. "Achamos até que fossem montagens, mas depois vimos que as fotos foram feitas sem autorização alguma", disse.

As fotos, que já foram retiradas do Facebook, seriam, segundo Costa, parte do material de uma exposição que ele está montando, intitulada "Anjos Caídos". Segundo ele, as imagens são baseadas no trabalho de um fotógrafo francês David Lachapelle, que usa temas religiosos para compor seu trabalho. Costa disse que as fotos são artísticas e que jamais tentou ofender a igreja e que, se soubesse da repercussão, jamais faria as fotos. O fotógrafo também disse que pretende pedir desculpas à igreja pelos transtornos.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...