segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Ladrões espalham hóstias ao furtar igreja em Ribeirão e revoltam fiéis

Descaso das autoridades facilita a invasão do local.

Uma igreja de Ribeirão Preto (SP) foi alvo de ladrões pela terceira vez no ano no bairro Campos Elíseos. Segundo a Polícia Civil, no domingo (25), a paróquia Santo Antônio, que fica na Avenida da Saudade, foi invadida por suspeitos que levaram o aparelho de som, avaliado em R$ 3 mil, e que bagunçaram o escritório e espalharam hóstias pelo chão. Para os fiéis, o ato é um desrespeito à fé. Um homem foi preso.

Segundo testemunhas, os suspeitos foram vistos rondando a igreja por volta das 12h, logo após a missa. Desconfiados, um grupo de zeladores esteve na paróquia e constatou a desordem no local. De acordo com a zeladora Lady Margarido, toalhas ficaram sujas e as hóstias estavam jogadas em frente ao altar. Os ladrões levaram o equipamento e fugiram.

Mais tarde, por volta das 18h, uma vizinha telefonou para uma das zeladoras e alegou ter ouvido barulhos no interior da igreja. Ao chegar ao local, a polícia flagrou um rapaz de 22 anos, que tentou fugir, mas foi perseguido e detido.

O padre Gilberto Kasper, responsável pela igreja, foi chamado e contou aos policiais que durante a tarde, o equipamento de som já havia sido levado, mas que ninguém foi flagrado no local. A polícia não soube informar, no entanto, se o suspeito detido estava ligado à ocorrência da tarde. Ele foi levado encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Ribeirão Preto.

Riscos

Moradores vizinhos à paróquia disseram que os ladrões frequentemente entram no prédio, usando uma casa ao lado que está abandonada e que serve de abrigo para pessoas desocupadas. O imóvel foi tombado pelo patrimônio histórico municipal.

Há três meses, a mesma igreja foi roubada duas vezes em um fim de semana. Os ladrões também entraram pela casa abandonada e levaram aparelhos de som e a jarra de água benta. O padre precisou improvisar as missas com uma garrafa pet para benzer os fiéis.

Em nota, a Prefeitura de Ribeirão Preto informou que o imóvel é de propriedade da Academia de Letra Jurídica e que por isso não tem responsabilidade sobre ele. Já o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Compacc) afirmou que a reforma e os cuidados com a casa devem ser feitos pelo dono do imóvel.

Lamento

Para a aposentada Antônia de Paúda Salermo, o fato das pessoas invadirem a igreja para roubar é um sinal de desrespeito. “Eu fiquei muito chateada. A igreja é pobre, não tem muitos recursos. É uma falta de respeito com os fiéis. Eu frequento a igreja há 40 anos e isso é muito triste”, diz.

“Estamos muito tristes com a falta de autoridade. A gente lamenta. Aqui tudo é difícil, foi doado. Sou voluntária com muito gosto, mas é difícil”, diz a zeladora Lady.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/2012/11/ladroes-espalham-hostias-ao-furtar-igreja-em-ribeirao-e-revoltam-fieis.html

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...