terça-feira, 6 de novembro de 2012

Encontro reforça parceria entre governo e Igreja no combate à extrema pobreza

Frei Leoardo Steiner, ministra Tereza Campello e Dom Raymundo Damasceno abrem o encontro.

A ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, considera que o diálogo entre o governo federal e a Igreja Católica avançou ainda mais. Ela se reuniu nesta terça-feira (30) com o conselho permanente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília, para apresentar os avanços conquistados com o Plano Brasil Sem Miséria. Ela foi recebida pelo presidente da entidade, Dom Raymundo Damasceno.

Tereza Campello explicou que a orientação da presidenta Dilma Rousseff é “antecipar e acelerar a redução das desigualdades sociais” e ressaltou que a pobreza extrema vem diminuindo desde 2003 e que a meta prevista para 2015 foi alcançada ainda em 2006.

De acordo com a ministra, o governo está empenhado em reduzir as desigualdades com foco na população extremamente pobre, mais difícil de ser alcançada por não ter acesso aos serviços e benefícios. E lembrou que, embora muitas dessas pessoas estejam nos rincões mais distantes do país, o problema também está presente nos centros urbanos.

“Não basta ser mais do mesmo para chegar aos extremamente pobres. Temos que fazer uma força-tarefa, pois o Estado tem que se voltar para quem mais precisa”, concluiu.

O conselho permanente da CNBB se reúne três vezes ao ano com o objetivo de orientar as diretrizes da ação evangelizadora da Igreja no Brasil. É a segunda maior instância após a assembleia geral da conferência. Durante a apresentação, a ministra destacou o papel da Igreja Católica na área social e a parceria com o governo federal no combate à extrema pobreza.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...