sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Discussão entre padre e comunidade católica vira caso de polícia

Padre também é contra bebidas alcoólicas em festa de igreja.

Um suposto mal-entendido entre um padre e parte da comunidade católica da Igreja Boa Viagem, no bairro Barro Vermelho, em Marechal Deodoro, terminou em depredação e muita confusão nesta terça-feira, dia 16. A confusão teve início quando o padre Raul e alguns assessores teriam retirado – à força – a ornamentação do templo onde seria celebrada a missa em homenagem à Nossa Senhora da Boa Viagem. A missa seria celebrada por um padre de Maceió, convidado especialmente para o evento.

Ao chegar à igreja e encontrá-la toda ornamentada, padre Raul, pároco legítimo, não teria aceitado a intervenção da comunidade e retirado as flores, provocando revolta entre os fiéis. Durante a confusão, a Polícia Militar foi acionada e algumas mulheres teriam passado mal. Parte da comunidade acusa o padre de excesso, outras pessoas defendem a atuação rígida do pároco.

De acordo com informações apuradas pela reportagem do Alagoas24Horas, o padre Raul é considerado tradicionalista e de postura rígida, inclusive proibindo a comercialização de bebida alcoólica durante as festas da paróquia, entre outras medidas ‘antipáticas’. Ouvido pela reportagem, um fiel afirmou que se houvesse um plebiscito sobre a permanência ou não do padre do local, ele não saberia prever o resultado.

O Alagoas24Horas conseguiu contato com um assessor do padre Raul, para tentar saber o que levou o religioso a destruir a ornamentação, mas foi informado que o mesmo se encontrava realizando uma celebração.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...