segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Arcebispo Desmond Tutu premiado pela Fundação Mo Ibrahim

Arcebispo Sul Africano continua a denunciar injustiças pelo mundo.

O arcebispo Desmond Tutu recebeu um prêmio no valor de um milhão de dólares (772,5 mil euros) da Fundação Mo Ibrahim, anunciou hoje (quinta-feira) o instituto, que promove a boa governação no continente africano, noticia a LUSA.

Ao anunciar o prêmio, a Fundação Mo Ibraim referiu que "durante toda a sua vida, (Desmond Tutu) foi uma das grandes vozes de África pela justiça, liberdade, democracia e responsabilidade, e pela capacidade de resposta governamental".

Mo Ibrahim disse, em Joanesburgo, que este prêmio especial da sociedade civil foi atribuído ao arcebispo em reconhecimento "do compromisso de vida em dizer a verdade ao poder".

O arcebispo sul-africano foi um dos grandes líderes contra o "apartheid" na África do Sul, durante os anos mais desesperados da luta contra o regime racista.

O arcebispo, prêmio Nobel da Paz em 1984, continua ativo, e critica duramente o tratamento de Israel dado aos palestinianos e o tratamento dos chineses dado aos tibetanos.

O milionário sudanês declarou ainda que este prêmio não foi elaborado para substituir o galardão de excelência de liderança africana, atribuído a chefes de Estado que tenham deixado recentemente o governo democrático dos seus países.

A Fundação Mo Ibraim, criada pelo milionário sudanês, tem sede em Londres e premia os líderes africanos que desempenharam uma boa governação nos seus respectivos países.

Desde a sua criação, há sete anos, o galardão de excelência de liderança africana foi concedido apenas três vezes, além de um prêmio especial para o antigo presidente sul-africano Nelson Mandela.

Os líderes africanos que receberam o galardão foram Joaquim Chissano, de Moçambique, Pedro Pires, de Cabo Verde, e Festus Mogae, de Botswana.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...