segunda-feira, 10 de setembro de 2012

Em mensagem, Papa encoraja jovens do Movimento dos Focolares


Movimento Focolares ainda é bem difundido na Europa.

O Papa Bento XVI fez uma calorosa saudação ao grupo do Movimento dos Focolares, durante a Catequese desta quarta-feira, 05. O grupo participou no último fim de semana do Genfest, em Budapeste, na Hungria.



“Vocês assumiram no coração o chamado de Cristo para promover a unidade da família humana, construindo corajosamente pontes. Por isso, encorajo vocês: sejam fortes na fé católica, e deixem que a alegria simples, o puro amor, e a paz profunda que vêm do encontro com Jesus Cristo façam de vocês radiantes testemunhas da Boa Nova junto aos jovens de suas próprias terras”, disse o Pontífice.

Nos dias 1 e 2 de setembro, o Esporte Arena da capital húngara hospedou a décima edição do Genfest, encontro de amigos e simpatizantes do Movimento dos Focolares no qual se realizam atividades de entretenimento e de aprofundamento do tema, sempre com abordagem multicultural.

No último dia do encontro, dois jovens brasileiros subiram ao palco e convidaram os participantes para o próximo encontro mundial: a Jornada Mundial da Juventude 2013 no Rio de Janeiro.

Nos momentos conclusivos do Genfest, 12 mil jovens se uniram em um momento de silêncio e recolhimento pela paz: O “time out”. Com eles, na Praça Santo Estevão, estavam também autoridades religiosas como o arcebispo de Budapeste, representantes das Igrejas anglicana, ortodoxas, evangélicos e jovens muçulmanos, budistas, hindus, e muitos ateus.

Em seus 104 países, os jovens colocarão na prática o empenho assumido: trabalhar para recolher assinaturas para a atuação do United World Project - Projeto Mundo Unido, iniciativa pela fraternidade lançada durante o Genfest. Viver e difundir a “regra de ouro” contida na Bíblia e tornada patrimônio de todas as culturas do mundo: “fazer aos outros aquilo que gostaria que fosse feito a você” (cf. Mt 7,12).

Outra meta é incidir sobre a política internacional, como demonstra a sugestão feita à ONU para criação de um Observatório Internacional e Permanente sobre a Fraternidade Universal.

“Let’s bridge”, “Vamos construir pontes”, grito pronunciado mil vezes nos mais diversos idiomas durante a festa na Hungria, não foi apenas um slogan, mas um compromisso para toda a vida, acolhido e compartilhado por todos os jovens com entusiasmo.

Fonte:http://noticias.cancaonova.com/noticia.php?id=287293

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...