terça-feira, 11 de setembro de 2012

Arquidiocese católica de Huambo em Angola conta com cinco novos padres

Igreja Católica em Huambo, Angola.

Cinco novos padres foram ordenados domingo, na cidade do Huambo, durante uma cerimónia realizada pelo arcebispo da Igreja Católica na província do Huambo, dom José de Queiroz Alves.

Trata-se dos sacerdotes Analtino Inácio Savita Kanguya (27 anos), António Pestana (35), Benjamim Soma Sangula (26), Marcial Chikeva Fernando (26) e Vasco Justo Sayengue (28 anos de idade), todos naturais do Huambo.

Durante a homilia de ordenação, dom José de Queiroz Alves apelou aos novos padres a encararem o sacerdócio como um grande dom que o senhor envia aos seus ministros, como dispensadores e continuadores dos apóstolos na proclamação do evangelho.

O arcebispo do Huambo disse que os novos padres têm a missão de transmitir a palavra que não é deles, mas a de Cristo, comunicando aos outros as riquezas do mistério divino.

Para dom José de Queiroz Alves, o sacerdócio mede-se pela fé e a sua essência consiste no relacionamento pessoal, na plena confiança e amizade no amor de Jesus que o diferencia dos outros mistérios.

"Não há dois tempos no sacerdócio, o sagrado e o profano. O sacerdote é sempre o mesmo em todas as suas actividades. Tem como ponto central a eucaristia. É esse momento mais forte da sua vida comunitária. Sede bons apóstolos da eucaristia e administradores fiéis deste sacramento e fazei do pão da vida um verdadeiro pão da vida para os vossos fiéis", explicou.

Os recém-ordenados agradeceram a Deus pelo dom da vida e do sacerdócio que acabaram de receber e a todos que directa e indirectamente fizeram com que tal facto acontecesse.

"Agradecemos-vos e pedimos-vos as vossas cessantes orações para que o nosso ministério, que hoje começa, seja próspero e fecundo", destacou o padre Analtino Inácio Savita Kanguya, que leu a mensagem de agradecimento em nome dos demais.

A missa de ordenação decorreu na paróquia de Nossa Senhora de Fátima, centro da cidade, e foi testemunhada por sacerdotes locais e das dioceses e arquidioceses vizinhas do Lubango, Bié, Malange, Benguela, Ondjiva, Sumbe e Menongue.

O governo provincial esteve representado no evento pelo vice-governador para a área política e social, Guilherme Tuluca, e o director da cultura, Pedro Nambongue Chissanga, além de distintas entidades militares, tradicionais, fiéis católicos, familiares dos novos padres e convidados.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...