sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Presidente do Irã volta a pregar a destruição de Israel e afirma: “Jesus foi um proclamador do islamismo”

Além de Jesus, Ahmadinejad arrasta Abraão e Moisés pro islamismo.

Durante um discurso na capital do Irã, o presidente Mahmoud Ahmadinejad negou que o cristianismo e judaísmo sejam religiões reconhecidas por Deus, e exaltou o islamismo e o profeta Maomé como único caminho a Deus.

Em suas palavras, o polêmico líder iraniano, tanto Abraão, quanto Moisés e Jesus foram profetas enviados por Deus para preparar o caminho de Maomé: “Todos os grandes profetas vieram para edificar o mundo. Mas o Islã é a religião universal e Deus não enviou nenhuma religião além do islamismo. Deus nunca criou qualquer religião chamada cristianismo ou judaísmo. Abraão foi um proclamador do Islã, assim como Moisés e Jesus”, afirmou.

De acordo com informações do Mohabat News, Ahmadinejad afirmou ainda que o representante do islamismo foi enviado por Deus a todos: “Deus enviou apenas uma religião, que é o Islã. Nosso querido profeta pertence a todo o mundo e ele é o último de todos os profetas. Ele também é o profeta de americanos, europeus e asiáticos. Ele é o profeta até dos budistas e veio para salvar a todos!”, e emendou: “Nosso querido profeta não pertence somente aos muçulmanos, assim como o Alcorão. O Alcorão pertence a toda a humanidade”.

Declaradamente inimigo de Israel, Ahmadinejad voltou a pregar o extermínio do país: “A ponta afiada de todas as revoluções e levantes está no regime sionista de Israel, pois a base de tudo é sua arrogância. Enquanto o regime sionista existir, as nações não conhecerão a paz. É por isso que eles devem ser destruídos”, afirmou.

O presidente iraniano é conhecido por pregar contra Israel e negar a existência do Holocausto durante o regime nazista.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...