segunda-feira, 20 de agosto de 2012

Igreja intercede por trio russo

Igreja foi alvo de vandalismo no início do ano.

A Igreja Ortodoxa russa pediu que o Estado tenha "clemência" com as três integrantes da banda punk Pussy Riot condenadas a dois anos de prisão devido a um protesto contra o presidente Vladimir Putin em uma catedral, aumentando as chances de perdão ou redução da pena.

A Igreja reiterou as críticas às mulheres, dizendo que o protesto foi uma "blasfêmia" e um ato de "hostilidade contra milhões de pessoas", mas acrescentou em um comunicado: "Sem colocar em questão a correção da pena, pedimos que o Estado mostre clemência às pessoas condenadas pela lei, na esperança de que elas não irão cometer mais tais atos".

As observações indicam que a Igreja não se oporá caso Putin perdoe as três mulheres, ou se a pena de dois anos for reduzida. No entanto, elas teriam que entrar com um pedido de perdão e podem ser forçadas a admitir a culpa, o que elas se negam a fazer.

Apoio

O ex-campeão mundial de xadrez e líder da oposição Garry Kasparov foi detido, na última sexta, em frente a uma corte de Justiça de Moscou, por se manifestar em apoio à banda punk Pussy Riot.

Anteriormente, a cantora americana Madonna também havia manifestado apoio às jovens durante um show na capital russa, campanha que foi imediatamente seguida por Red Hot Chilli Peppers, Paul McCartney, Sting, Peter Gabriel, The Who e Bjork, dentre outros.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...